Início Conselho Brasileiro de Oftalmologia








15 usuário(s) online



Busca  
Login  






10/5/2006
Outro torcedor corintiano perde visão

O confronto entre a torcida do Corinthians e a Polícia Militar na noite da última quinta-feira no Pacaembu causou ferimentos graves em mais um corintiano: João Mendonça Cortez. Ele perdeu a visão do olho direito, atingido por fragmentos de vidros. Cortez usa óculos e foi vítima de disparo de bala de borracha.
Emerson Assis, 29, mostrado pela Folha no último sábado, está em estado estável e deverá receber alta da Santa Casa amanhã. O torcedor perderá ao menos 90% da vista do olho direito.
Cortez, 47, mora no bairro de Perdizes (zona oeste) e é gerente de uma distribuidora de água. Ele vai pedir indenização ao Estado (responsável pela Polícia Militar) por danos morais, danos estéticos e lucro cessante. Cortez estava no setor amarelo das arquibancadas do Pacaembu na companhia da filha de 18 anos e de um grupo de amigos. "O tumulto tinha passado. Por isso, resolvemos deixar o local", contou o corintiano.
"Foi quando senti um impacto no meu rosto. Caí no chão, já sem a visão do olho direito. Vi que tinha uma bala de borracha na minha mão. Me desesperei porque me perdi da minha filha, que ficou com a roupa cheia de pólvora. Ainda bem que isso aconteceu comigo, não com ela", prosseguiu.
"Foi terrível. Tinha criança separada dos pais, mulheres caídas no chão...", falou Cortez. Ele, que diz freqüentar estádios desde criança, vai abandonar a prática: "Nunca mais piso em um campo de futebol. Nem convidado".






           


<< Anterior Índice Próximo >>


Mais Recentes:
07/10/09 - 64% dos cegos do mundo são mulheres
07/10/09 - Diagnóstico precoce é essencial para evitar as doenças da visão
06/10/09 - Lentes de contato: mitos e descuidos que valem os olhos da cara
05/10/09 - Exercício físico é benéfico para pessoas com glaucoma
02/10/09 - Macacos daltônicos voltam a perceber as cores em tratamento


As opiniões expressas no texto acima são de responsabilidade exclusiva dos seus autores.