Início Conselho Brasileiro de Oftalmologia








15 usuário(s) online



Busca  
Login  






15/5/2006
Portadores de obstrução venosa

O Departamento de Oftalmologia da Unifesp está selecionando portadores de obstrução venosa para obterem a oportunidade de participar do Protocolo Posurdex (implante de corticóide intravítreo) para tratamento da doença.

A doença, semelhante a uma trombose no olho, é caracterizada pelo estreitamento ou entupimento das pequenas artérias e veias da retina, devido a fatores como idade, hipertensão arterial e ocular (glaucoma), e atinge principalmente mulheres e pode levar à perda gradual e permanente da visão.

De acordo com informações da Unifesp, esse tratamento traz novas perspectivas para os portadores da doença, já que até o momento, não surgiu nenhum tratamento eficiente.

Nos últimos anos, algumas alternativas surgiram como uso de laser e, mais recentemente, de medicamentos aplicados dentro do olho do paciente, mas são muito onerosos e não têm cobertura do Sistema Único de Saúde (SUS).

O protocolo do implante de corticóide intravítreo é totalmente gratuito e surge como uma nova perspectiva para os portadores da doença. Os pacientes com obstrução venosa (central ou de ramo), podem se inscrever. Essa pesquisa tem o tempo variado de três a 12 meses.

Seleção de portadores de obstrução venosa para protocolo de pesquisa na UnifespInformações: (11) 5085-2027



           


<< Anterior Índice Próximo >>


Mais Recentes:
07/10/09 - 64% dos cegos do mundo são mulheres
07/10/09 - Diagnóstico precoce é essencial para evitar as doenças da visão
06/10/09 - Lentes de contato: mitos e descuidos que valem os olhos da cara
05/10/09 - Exercício físico é benéfico para pessoas com glaucoma
02/10/09 - Macacos daltônicos voltam a perceber as cores em tratamento


As opiniões expressas no texto acima são de responsabilidade exclusiva dos seus autores.